Empresa anuncia fim das obras de calçamento e ruas que estão no projeto podem não receber pavimentação na cidade de Patos

Durante reunião ocorrida na manhã desta terça-feira, dia 04, na sede da empresa ConsBrasil, que é a responsável pelas obras de pavimentação em paralelepípedos na cidade de Patos, os diretores comunicaram aos trabalhadores e aos vereadores Sales Júnior (PRB) e Jefferson Melquiades (PRB) que estavam finalizando as obras de pavimentação na cidade.
De acordo com Alaor Fiúza, diretor da ConsBrasil, a empresa ainda dará continuidade às obras de calçadas, reparos e alguns trechos de pavimentação, porém as ruas que estão no projeto e que estão sem as devidas possibilidades devido a questões de drenagem e rochedos ou outras questões adversas, não terão início de pavimentação.
Alaor Fiúza também relatou que a ConsBrasil gastou cerca de 600 Mil Reais que não estavam previstos, pois realizou serviços de esgoto, drenagem e alguns serviços extras para não paralisar as obras nas ruas que estavam programadas e que seriam impedidas de receber a pavimentação por conta de pendências estruturais. O diretor negou problemas entre a Prefeitura Municipal de Patos e a própria empresa. Ele disse que a questão é, de fato, a falta de condições de pavimentar as ruas restantes diante dos problemas estruturais.
Falando sobre o ocorrido, os vereadores Sales Júnior e Jefferson Melquiades disseram que entenderam o porquê de a empresa finalizar as obras, pois existem problemas na infraestrutura que inviabilizam a continuidade das obras nas ruas que estão no projeto. “As ruas serão possivelmente prejudicadas diante de um projeto mau elaborado. Foi um projeto péssimo e mau elaborado por quem elaborou. Tudo isso era nossa preocupação desde o início...esperamos que tudo seja sanado. Espero que o município assuma esse ônus para que as obras tenham continuidade”, relatou Sales.
O vereador Jefferson Melquiades foi indagado se poderia ter acontecido jogada política no projeto devido ao momento político das eleições de 2016. O vereador disse que as evidencias levam muito a crer, pois algumas ruas não teriam condições de receber a pavimentação sem as obras de drenagem e esgoto. “Olha o que estamos enfrentando agora: pessoas estão esperando sua rua ser calçada porque está no projeto e a empresa diz que não tem condições de calçar”, comentou.
A reportagem fez contato com o engenheiro Antônio Carlos, o Lito, que é secretário de Infraestrutura do Município de Patos. Ele disse que irá se reunir com a empresa e só depois se posicionará sobre o caso.


Jozivan Antero – Patosonline.com

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário