Secretários de saúde aprovam projetos que beneficiarão habitantes da região de Patos

Aconteceu nesta quinta-feira, no auditório da 6ª Gerência Regional de Saúde, mais uma reunião ordinária da CIRs – Comissão Intergestores Regional do Sertão. Uma extensa pauta foi discutida entre os secretários, que aprovaram projetos relevantes para avanços e melhorias dos serviços ofertados pelo SUS. Mas também houve reclamações, especialmente direcionadas à gestão de Patos, que não está conseguindo atender a demanda dos outros municípios, que o têm como referência na pactuação.
A reunião foi conduzida pelo vice-presidente da CIRs, Ruclenato Gomes, secretário de saúde de Catingueira e vice-presidente da Comissão. Ele citou projetos apresentados e aprovados pelos gestores, tais como o de transporte sanitário eletivo, para Matureia, uma emenda do Legislativo daquela cidade, além da proposta de ampliação do Hospital de Teixeira e Santa Teresinha, a construção de uma policlínica. “São projetos importantes e que precisa de vir para discussão e aprovação na CIRs, ações que ajudam a fortalecer a rede de atenção à saúde pública da população”, comentou Ruclenato.
Algumas reclamações vieram novamente à tona nos debates dos secretários, a exemplo da descentralização do SAMU em Patos; os problemas com a PPI (Programação Pactuação Integrada), onde Patos não consegue atender com exames, consultas o que se comprometeu ao assinar os termos da pactuação com os municípios da região. “A gestão Patos se comprometeu até 10 de maio oferecer solução para essas demandas e os municípios possam, então, atender às necessidades de sua população”, afirmou o vice-presidente da CIRs.


Assessoria 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário