Secretária de Educação esclarece dúvidas sobre a educação no município em entrevista no Sistema Itatiunga

Repercute de forma positiva a entrevista concedida na tarde desta sexta-feira, (28/4), pela Secretária de Educação do Município de Patos, Alana Candeia, ao programa Cidade em Debate, do Sistema Itatiunga de Comunicação.

Em entrevista concedida aos jornalistas Igor Rodrigues, Airton Alves, Dilany Silva e Júnior Silva, Alana reconheceu os problemas enfrentados pela gestão nos primeiros dias do Governo Dinaldinho Wanderley, mas afirmou que a cada semana que passa todas as pendências ligadas à educação já estão sendo resolvidas.

A secretária respondeu diversas perguntas referentes aos principais assuntos que fazem parte do cotidiano das escolas da Rede Municipal de Ensino, tais como merenda escolar, ausência e contratação de professores, reestruturação das unidades, educação inclusiva e qualidade do ensino que, segundo ela, é o compromisso principal da gestão. “Não podemos cobrar apenas o conteúdo didático e pedagógico para os alunos, mas precisamos desenvolver em cada um deles a capacitade interpretativa para a vida”, enfatizou.

Sobre a merenda escolar, a secretária salientou que o ano letivo está sendo tocado com recursos próprios, levando em consideração o atraso da licitação e da liberação de recusros do Programa Nacional de Alimentação Escolar-PNAE, aliado ao crescimento do número de alunos em 1.455 (mil quatrocentos e cinquenta e cinco), comparados aos números do ano letivo 2016.

A gestora lembrou, ainda, que outra preocupação da Secretaria é aproximar a metodologia do trabalho com os meios de comunicação. Para isso, será realizado, no próximo dia (18/5), no Centro de Formação de Professores Marlene Cézar Bezerra, um evento de aprersentação das gerências e da subdivisão da Secretaria de Educação, voltado para jornalistas, radialistas, blogueiros e representantes de emissoras de rádio, TV, sites e sindicatos em geral que queiram participar. Em pauta, uma apresentação dos departamentos, seguida por uma coletiva de imprensa e um Cofee Braek. “precisamos estreitar ainda mais as nossas relações com a imprensa local”, finalizou.

COORDECOM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário