STJ nega o pedido de liminar em relação à volta do Prefeito afastado Dinaldo Filho ao cargo



O Superior Tribunal de Justiça (STJ), nega liminar de Habeas Corpus ao prefeito afastado de Patos, Dinaldo Filho (PSDB).

A decisão foi divulgada na manhã dessa terça-feira (04), o relator ministro Felix Fischer solicitou uma maior documentação sobre o caso, e negou que o prefeito afastado voltasse ao cargo.

No último mês de agosto o prefeito afastado, entrou com pedido de habeas corpus no STJ para trancar a ação do uso indevido do carro locado pela prefeitura de Patos.

Também em agosto, o prefeito interino de Patos Bonifácio Rocha, em uma entrevista coletiva à imprensa patoense, afirmou que veículos estavam sendo locados no valor de R$ 12 mil e que foi preciso fazer devolução.

Bonifácio Rocha continua na administração da prefeitura desde o dia 13 de agosto de 2018.



Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário