Antônio Coelho admite que a sinalização implantada pela STTRANS tem causado constrangimento a população


O Presidente da Associação Nacional dos Agentes de Trânsito e coordenador de Educação da STTrans, Antônio Coelho, admitiu que a sinalização implantada na cidade pelo setor de engenharia, que tem como responsável o Engenheiro Dário Morais, tem causado constrangimento na população devido aos equívocos na estruturação do projeto.

As afirmações foram feitas durante entrevista para o Cidade em Debate da Rádio Itatiunga FM na ultima terça-feira, 12. Ao ser indagado sobre a posição dele em relação às denuncias que vem sendo feita contra o órgão municipal, Coelho disse que não se posicionaria para a Imprensa já que não é mais presidente do Sindicato.

Mas um fato curioso é que, no ano passado, ainda na gestão do superintendente Cassius Clay, ele também não era mais presidente Sindical e, mesmo assim, fez duras críticas ao então superintendente.

Antônio Coelho: O que aconteceu com o ferrenho crítico?

Ainda no mês de março de 2018, quando Cassius Clay era superintendente da STTrans, a remuneração do agente de trânsito Antônio Coelho era de R$ 3.956, saltando, em dezembro do mesmo ano, para R$ 8.587 referente ao cargo. A diferença é que, nesse meio tempo, o superintendente do órgão de trânsito mudou. Passou a ser o ex-vereador patoense,  Jeferson Melquíades.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário