Pollyana Dutra revela insatisfação com o partido, "se não me querem, não faço questão"

Em seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), a deputada estadual Pollyana Dutra (PSB) estaria insatisfeita com os últimos acontecimentos em relação a seu partido. É que ela não estaria sendo convidada para as reuniões e cafés da manhã de seus colegas com o governador João Azevedo.

Indagada sobre o teor das reuniões do grupo socialista, a deputada falou que não pode tecer comentários sobre o que não conhece. “Como eu posso fazer um balanço de uma reunião que eu não sou se quer convidada. Só posso falar sobre as reuniões que participo. Eles não esqueceram de mim, foi proposital. A gente não esquece um membro que está aqui na Casa, que conquistou um espaço. O partido tem que rever sua postura, eu faço parte de um quadro estratégico importante aqui nesse estado, sou deputada estadual pela sigla PSB. Então eu mesma não estou nem fazendo questão de participar dessas reuniões as quais eu não sou convidada. Mas eu preciso participar pelo menos do debate político interno do partido”.
A presidente da CCJ na ALPB disse ainda que o G10 faz parte da base de sustentação do governo de João Azevedo.
“São 22 deputados que compõem essa base, esses deputados têm dificuldade até de se reunir, e o G10 entra nesse cenário com a proposta de estar mais junto, de qualificar os trabalhos aqui na Casa, mas o G10 eu não entendo como um grupo que faz oposição a João Azevedo. Todos os depoimentos é que o G10 está alinhado a João Azevedo. Agora, se estão querendo isolar o G10 aqui na Casa, aí já não é problema do G10”.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário