Primeira-dama de Guarabira tem WhatsApp 'hackeado' e golpista pede até R$ 20 mil a contatos

A primeira-dama de Guarabira, Lea Toscano, teve o número de celular 'hackeado' e o autor do desvio passou a pedir altos valores em dinheiro para os contatos dela. No WhatsApp, o 'hacker' dizia: "Tô precisando de um valor até amanha, coisa partícula ? (sic) 20 mil." O ClickPB conversou com a filha dela, deputada estadual Camila Toscano (PSDB), a qual informou que já feito boletim de ocorrência em delegacia da Capital e que foi feito o cancelamento do chip junto à operadora.
De acordo com informações da parlamentar ao ClickPB, o criminoso começou pedindo empréstimo de R$ 20 mil e depois baixou os valores, pedindo R$ 3 mil e depois R$ 1 mil. O autor das mensagens enviou número de conta corrente para o depósito de dinheiro, pedia comprovante e dizia que estava em reunião.
Camila Toscano disse ainda ao ClickPB que até agora não sabe se alguém efetivou o depósito de valores para o golpista e que tudo está sob controle, até onde a família Toscano tem conhecimento.
"Como ele mandou para muita gente, as pessoas se comunicam em Guarabira, ligadas uma na outra...", disse Camila Toscano ao ClickPB sobre a descoberta do golpe.
Fonte: Click PB

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário