Advogado afirma que ação arquivada não tem relação com o afastamento de Dinaldo Filho


O advogado Claudinor Lúcio foi ouvido pelo politicaparaquemgosta.com.br e afirmou que o pedido do MP para arquivamento de ações contra o Prefeito afastado de Patos, se refere a um inquérito civil publico, e não tem relação nenhuma com o afastamento do político do cargo. Segundo Claudinor, esse arquivamento do MP, não trás possibilidade de retorno de Dinalinho Wanderley ao cargo.

O pedido foi da 4ª Promotora de Justiça de Patos, Mariana Neves Pedrosa Bezerra. A investigação é em outro âmbito que não tem ligação direta com a ação que transcorre no Tribunal de Justiça envolvendo a Operação Cidade Luz.
Ele lembrou que Dinaldinho foi afastado da Prefeitura de Patos desde o dia 14 de agosto de 2018 por decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba a pedido do Ministério Público da Paraíba, que não tem nada haver com o inquérito civil publico em questão.
O prefeito foi denunciado no âmbito da Operação ‘Cidade Luz’, que investigou a existência de fraudes nos contratos de iluminação pública da cidade de Patos.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário