Hugo Motta é destaque na mídia nacional por tentativa de diminuição do preço dos combustíveis no país

Resultado de imagem para hugo mottaO deputado federal Hugo Motta (Republicanos) foi destaque, neste domingo (9), na edição online do Correio Brasiliense, por estar negociando com a equipe econômica do Governo Federal, modificações em um projeto de lei de sua autoria para incluir no texto do PL uma alíquota monofásica a ser cobrada dos produtores de combustíveis no país. O objetivo é baixar o custo do produto mediante aumento da concorrência.
O presidente Jair Bolsonaro tem provocado governadores para baixarem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.
“Criamos um grupo de trabalho e vamos nos reunir nos próximos dias para os técnicos apresentarem as sugestões e adequarmos o texto de um substitutivo em breve”, disse o deputado ao Correio Brasiliense. “Acho que é um projeto bom, que vai conseguir estimular o setor produtivo e baixar o custo da produção e o custo de vida das pessoas”, afirma.
O projeto de Motta, o PL nº 1639/2019, tem como espinha dorsal a eliminação da obrigatoriedade da distribuição de todos os combustíveis e derivados de petróleo. Ele foi apresentado no início do ano passado e tem como objetivo quebrar monopólios e estimular a concorrência no setor para baratear o combustível. “A matéria trata não apenas da venda direta do etanol, mas também da gasolina, do diesel, do gás de cozinha e do querosene de aviação”, destaca Motta.


Com fonte83
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário