Couto faz mistério e diz que prefere "se manter em silêncio" sobre disputa ao Senado na chapa do PSB

Silêncio com ares de mistério. É assim que o deputado federal Luiz Couto (PT) vai se manter acerca de sua disputa ao Senado Federal na chapa encabeçada por João Azevêdo (PSB). Nesta sexta-feira (27), ele emitiu uma nota onde diz que prefere “se manter em silêncio” sobre esta possibilidade. Após rechaçar chances de concorrer como senador, o petista voltou atrás na quinta-feira (26) e aceitou disputar a vaga no projeto capitaneado pelos socialistas.

Por meio de nota, ele informou que espera decisão do PT Nacional com relação ao seu futuro nas eleições deste ano. “O anúncio da decisão, seja ela qual for, deve partir do PT, já que nunca fui candidato de mim mesmo”, destacou.
Confira nota na íntegra:
O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) disse nesta quinta-feira, 27, que entende todas as manifestações de aliados, eleitores e da imprensa paraibana, mas prefere se manter em silêncio sobre a possibilidade de disputa do Senado Federal.
“Eu sou um homem de partido. Disse isso desde o início e mantenho minha palavra. Sendo assim, caberá ao PT Nacional decidir meu futuro e me oferecer as condições para a disputa. Quando digo isso, quero deixar claro que será uma prerrogativa da direção nacional estabelecer esse diálogo com o governador Ricardo Coutinho, aliado de primeira hora a quem muito respeito. O anúncio da decisão, seja ela qual for, deve partir do PT, já que nunca fui candidato de mim mesmo. Sou um soldado do partido e estou nele para construir e agregar. A missão que me for dada será missão cumprida, com a confiança inabalável que tenho em Deus e a vontade intensa de contribuir para melhorar a vida dos paraibanos”, declarou ele.
Luiz cumpre agenda nesta sexta-feira em Campina Grande, Queimadas e Congo e só retorna a João Pessoa à noite.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário