Promotor Alberto Cartaxo afirma que concurso público de Patos deve inserir novas vagas no edital

O promotor Alberto Cartaxo do Ministério Público de Patos, disse a imprensa local que o MP já enviou ao prefeito de Patos, Dinaldinho (PSDB), uma recomendação pedindo o cumprimento do acordo judicial que previa a realização do concurso público para remoção de grande parte dos contratados temporários.
Cartaxo frisou que existem algumas situações que ainda cabem a contratação temporária, porém, observou-se que existiam diversos cargos preenchidos por contratos temporários, mas que o prefeito não inseriu tais cargos no concurso público que teve o edital divulgado recentemente.
Portanto, a recomendação do Ministério Público busca fazer com a gestão municipal retifique o edital do concurso, desta vez colocando os cargos que precisam de servidores efetivos. A outra alternativa para o prefeito seria demitir os contratados temporários que não constam no concurso.
Caso o MP não tenha a recomendação atendida, o prefeito Dinaldinho poderá até enfrentar um processo por improbidade administrativa.

Patos Online
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário