Vereadoras solicitam voto de aplauso, durante sessão, para associações e entidades de Patos que prestam serviços à sociedade

A vereadora Tide Eduardo (MDB) solicitou, por meio de requerimento, na sessão desta terça-feria, 12, na Câmara de Vereadores de Patos, voto de aplauso dirigido a Associação de Apoio ao Portador de Câncer de Patos- APPC, pelos serviços prestados.

A APPC iniciou seus serviços no dia 06 de fevereiro de 2013 e hoje conta com 618 membros voluntários. A Associação é reconhecida como de Utilidade Pública e surgiu a partir do trabalho da senhora Lenise Fernandes Gonçalves, atual presidente, que já realizava há cinco anos o trabalho voluntário no Hospital napoleão laureano, em João Pessoa.

Segundo Tide Eduardo, o serviço nunca para, uma vez que já há uma projeção da APPC para mapear as pessoas portadoras de câncer da cidade de Patos e, com isso, realizar visitas domiciliares. 

Lucinha Peixoto (PCdoB) solicitou voto de aplauso ao Movimento de Mulheres Olga Benário da cidade de Patos, que nasceu em março de 2011, durante participação de uma bancada de militantes brasileiroas na Conferência Mundial de Mulheres de Base, realizada em Caracas, Venezuela. O Movimento, em Patos, tem a participação de estudantes, sem-teto, professoras, mulheres que buscam por uma sociedade igualitária, e surgiu em 2012.

De acordo com Lucinha, o voto de aplauso objetiva chamar atenção para a importância dos movimentos feministas. "Movimento esse que é social, político e econômico e tem o objetivo de discutir e lutar por direitos das mulheres", disse.

A vereadora também sugeriu voto de aplauso a União Brasileira das Mulheres (UBM), de Patos, que nasceu em 1988 durante um congresso ocorrido em Salvador (BA) e contou com a participação de 1200 mulheres. A UBM explica que seu histórico não é restrito na luta em defesa das mulheres, mas também de solidariedade cintemporâena como a redemocratização do país, a defesa de dos direitos afrodescendentes, trabalhadores rurais, dos LGBT's, idosos, indígenas, dentre outras bandeiras.

Já a vereadora Nadir Rodrigues (MDB) apresentou um Voto de Aplauso pelo Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, das Faculdades Integradas de Patos.

A medicina de família e comunidade atua na área de atenção básica de saúde, que é quando a população é acompanhada por um médico que atua como "coordenador" do cuidado do paciente, e tem uma visão completa da saúde dele. 

De acordo com a vereadora, o programa de Residência Médica em Patos foi iniciado em 2014, na gestão de Francisca Mota, e a partir de 2016, teve início a primeira turma, e o programa permanece até hoje, onde duas turmas já foram formadas: “O programa é coordenado pela competente dra. Paula, que tem feito um excelente trabalho a frente desse projeto. Destacamos a importância da iniciativa das FIP, em qualificar a assistência na atenção básica de Patos e região, conseguindo fixar os médicos nos municípios e melhorando a vida das pessoas. Dessa forma, a Câmara de Vereadores precisa unir forças com a faculdade para que esse serviço permaneça em nosso município, contribuindo com o povo patoense”, finalizou.

 

Ascom CMP
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário