Ivanes abre diálogo com SINFEMP e promete reavaliar especificações de acordo com decreto das 40 horas

O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, juntamente com uma comissão de secretários municipais, se reuniu na manhã desta segunda-feira, dia 27 de janeiro, com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), para dialogar sobre demandas ligadas ao serviço público.
A discussão focou principalmente no decreto recém assinado por Ivanes, onde o mesmo estabelece que as repartições públicas municipais deverão funcionar, a partir de 1º de fevereiro, das 07h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30 – de segunda a sexta-feira, com duas horas de intervalo para o almoço.
 

Ivanes Lacerda fez uma avaliação positiva do encontro, e se mostrou aberto para reavaliar alguns pontos previstos no decreto. Mas enfatizou que está no cargo para defender a sociedade como um todo. O gestor disse que recebe muitas demandas da sociedade, inclusive cobrando mais assistência do serviço público. Portanto, o decreto que amplia de 30 para 40 horas semanais busca preencher essa lacuna, conforme ressaltou.
 

Ele também frisou que mesmo reconhecendo a necessidade do município em adotar os dois horários, também é prudente observar a flexibilidade no horário de trabalho de algumas secretarias, a exemplo da Infraestrutura, que precisa de dois expedientes, bem como a saúde que possui vários programas federais que necessitam das 40 horas.
 

“Os funcionários que foram aprovados para 40 horas, terão que cumprir as 40 horas”, destacou.
 

Ainda de acordo com o prefeito a reunião evoluiu para o agendamento de outra reunião na próxima sexta-feira (31), às 14h, para juntamente com os secretários apresentar a avaliação dos pontos elencados em reunião.
 

José Gonçalves, vice presidente do SINFEMP, contou que além abrir diálogo positivo para discutir o decreto, o prefeito Ivanes Lacerda já autorizou o pagamento do incentivo adicional para os agentes comunitários de saúde e agentes de endemias.
 

Dando continuidade, Gonçalves externou que o sindicato defende a permanência das 30 horas semanais para os servidores municipais, pois afirma que esse método vem dando certo. E reconheceu como significativa a abertura do gestor para reunir os secretários municipais e reavaliar as condições do decreto em relação a cada pasta.
 

O estatuto do servidor público também foi outro detalhe discutido com o prefeito Ivanes, que também se mostrou solícito para formar uma comissão que irá observar o texto antes de enviar para a câmara de vereadores. Essa comissão terá participação do SINFEMP, segundo explicou o sindicalista.
Ivanes Lacerda – Reunião Sinfemp sobre o Decreto das 40 horas
José Gonçalves – Vice Presidente do Sifemp – Decreto de 40 horas
Coordecom
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário