Apenas dois vereadores podem permanecer nos mesmos partidos para as eleições de outubro em Patos

Informações apuradas pelo Patosonline.com apontam que apenas os vereadores Sales Junior e Jeferson Malquíades, eleitos pelo PRB nas eleições de 2016, podem disputar a eleição do dia quatro de outubro pela mesma legenda.
De acordo com o jornalista Adilton Dias, colaborador do Patosonline.com, pelo menos 17 parlamentares, incluindo os atuais suplentes Ranieri Ramalho, que disputou o pleito de 2016 pelo MDB e está sem partido, e Cambirota, (PSDB), que ocupam as vagas de Jeferson Melquíades e do prefeito interino Ivanes Lacerda, (MDB), devem trocar de legenda com a abertura da janela partidária a partir do dia 5 de março.
As mudanças atingiriam também os vereadores Diogo Medeiros, (PSB), Nadir Rodrigues, Tide Eduardo e Fátima Bocão, (MDB), Edjane Araújo, (PRTB), Lucinha Peixoto, (PCdoB), Gordo da Sucata e Goia, (PV), Ramon de Chica Pantera, Suélio Caetano, Capitão Hugo e Dito, (PODEMOS), Toinho Nascimento, (PSDB), e Ferré Maxixe, (DEM).
As mudanças em grande parte se devem a pouca estrutura partidária de algumas legendas, a rejeição de pré-candidatos que disputarão o pleito e que não aceitam concorrer contra os atuais vereadores patoenses.
A janela partidária para mudança de partido dos atuais vereadores estará aberta até o dia 3 de abril, quando o cenário dos partidos políticos que vão disputar a eleição estará definido, no tocante as novas filiações.
Embora esteja no executivo, o prefeito interino Ivanes Lacerda, (MDB), também deverá trocar de partido nas eleições desse ano, embora ainda não tenha certeza se será ou não o candidato a prefeito. O provável partido de Ivanes será o PRB de Nabor Wanderley e Hugo Mota.
Patosonline.com
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário